A troca dos canos e silenciosos é muitas vezes deixada de lado, porém ela tem uma série de implicações caso não seja corrigida logo.

Consequências comuns:

  • Barulho alto com o carro ligado;
  • Aumento do consumo de combustível;
  • Risco de queda do cano de descarga;
  • Cheiro forte de combustível;
  • Fumaça indesejada;
  • Entre outros.

O sistema de escapamento de gases é composto por um conjunto metálico de canos, eles são fixados no veículo por braçadeiras, buchas e coxins.

Como proceder?

A checagem avalia se as borrachas, coxins e abraçadeiras que seguram as peças metálicas do sistema de exaustão estão em perfeitas condições. Como as borrachas ficam próximas a altas temperaturas, elas podem romper e provocar a queda do escapamento.

Isso pode afetar o desempenho do carro?

O funcionamento dos motores de hoje em dia são influenciados pela chamada taxa de contra-pressão dos gases, ou seja, o nível de gases que sai pelo sistema de exaustão dos carros. Se alguma peça do escapamento está danificada, sejam os canos ou os silenciadores, há uma mudança nessa taxa. A alteração pode provocar variações nos motores, principalmente falhas na marcha lenta, o que resulta em mais consumo de combustível.

Meu carro não tem os sintomas, é válido checar?

Mesmo sem furos ou quebraduras, é aconselhado revisar o sistema de escapamento pelo menos a cada seis meses, indicam os especialistas. A checagem vai avaliar se as borrachas, coxins e abraçadeiras que seguram as peças metálicas do sistema de exaustão estão em perfeitas condições. Como as borrachas ficam próximas a altas temperaturas, elas podem romper e provocar a queda do escapamento.

Como as condições de calçamento não são muito boas em nossa região, os buracos, pedras e possíveis colisões com meio fio e lombadas podem romper ou até danificar o sistema mesmo em carros mais novos.

O sistema de escapamento nos carros que circulam no Brasil geralmente é formado por quatro partes: coletor, catalisador (mais próximo ao motor), silenciador intermediário e silenciador traseiro. Qualquer uma que estiver danificada interfere na contra-pressão dos gases. O que mais estraga é o silenciador traseiro, mais visível atrás do carro, por ficar mais longe do calor do motor e, por isso, reter mais água.